Preloader

Loading

image

Entrevista de emprego: como se destacar!

Anote essas dicas e torne-as excelentes em qualquer entrevista de emprego! Uma entrevista de emprego pode ser um momento decisivo em sua vida. Com um bom desempenho, tudo pode mudar: novo emprego, novos desafios um novo salário e assim tudo na sua vida pode ir para frente, principalmente se você encontra-se desempregado em busca de um emprego.

Mas primeiro você tem que encarar o potencial contratante de frente, mostrar que você tem competência para assumir a vaga oferecida e o mais difícil de tudo: convencer o entrevistador que, entre todos os concorrentes, você é a pessoa certa para a vaga.

Às vezes, perdemos grandes oportunidades por não prestar atenção aos detalhes. Para que isso não aconteça, preparamos algumas dicas valiosas com a ajuda de especialistas para que você tenha uma boa aparição na próxima entrevista.

Homem, Adulto, Empresário, Laptop, Trabalhando

Crédito Pixabay/Empregos

Dicas para uma entrevista de emprego de sucesso

Participar de um processo seletivo no momento que vivemos por conta do cenário de crise e desempregado desencadeado pelo o COVID-19 é uma esperança para quem está desempregado (a), confira algumas dicas a seguir que te ajudaram a ter um excelente desempenho no processo seletivo.

Confira a seguir:

  1. As roupas

Antes de sair de casa para uma entrevista, preste atenção em como você está vestido. Mesmo se você estiver se candidatando a uma vaga em empresas jovens e despojadas, opte por uma roupa mais discreta. O segredo é não exagerar, nem para os muito descolados ou muito formais. Veja o estilo ideal para cada um:

Homens: camisa social, calças em tons neutros (pode ser jeans), sapatos discretos ou tênis (evite calçados esportivos). Você não precisa usar terno e gravata, a menos que o perfil da sua empresa exija algo assim.

Mulheres: roupas mais sóbrias e estampas discretas. Evite roupas muito decotadas ou curtas.

  1. Venha para a entrevista bem informado sobre a empresa.

Quando o candidato demonstra conhecimento sobre a empresa, sua área de atuação, o mercado que ocupa e a concorrência, a entrevista tende a ser mais positiva. Para o entrevistador, é um primeiro indício de que o candidato se identifica com a cultura e o perfil da organização.

Então, dias antes da entrevista, faça uma pesquisa detalhada sobre a empresa, veja se você realmente se identifica com aquela cultura corporativa, se quer estar lá no futuro. Em caso afirmativo, sua aptidão será notada e você poderá ganhar pontos por isso!

Consideramos esse um dos pontos mais importantes do processo, quando você conhece a empresa isso conta positivamente a você.

  1. Mostrar interesse na vaga

Ninguém quer contratar um profissional apático e desinteressado. Para evitar essa impressão, converse sobre suas experiências, faça perguntas, mostre que quer saber mais sobre a empresa, sobre a vaga oferecida, tente desenvolver uma conversa normal com o entrevistador. Responder apenas “sim” ou “não” ou dar respostas muito vagas e incompletas resultará em desqualificação.

Mas não exagere! Você não precisa entrar em detalhes sobre sua vida profissional e tornar a entrevista exaustiva. Por mais que você queira responder e tenha tempo para fazer a entrevista, enquadre a resposta em sua cabeça. Faça a diferença .

Uma boa dica é treinar as respostas mais comuns em casa, listando apenas o que é relevante. Traga lápis e papel para fazer anotações sobre os pontos de vacância desejados.

  1. O conhecimento técnico não é tudo!

Ter o know-how técnico para avançar no local disputado não é tão importante em alguns casos. Quando a contratação é para o nível de entrada, é mais relevante que o candidato queira aprender e demonstre iniciativa.

Quem ainda não tem experiência para contar pode falar sobre seu desempenho no curso ou nas atividades extracurriculares. É importante buscar situações que você vivenciou na universidade e que possam ser levadas para a realidade do dia a dia da empresa.

Não se esqueça de reforçar seus pontos fortes e deixar claro seu desejo de crescer.

  1. O corpo fala! Principalmente na hora de uma entrevista de emprego

Durante a entrevista, observe sua linguagem corporal. O ideal é estar confortável, mas sem descuidar de alguns aspectos. Equilíbrio é a palavra-chave:

Idealmente, você deve sentar-se confortavelmente, mas manter uma postura mais ereta e alerta. Tenha cuidado para não parecer muito tenso ou relaxado.

Preste atenção no que o entrevistador fala, olhe nos olhos dele, responda com calma. Não boceje!

Evite deixar os braços cruzados.

  1. Relacionamento com o entrevistador

É aqui que algumas entrevistas vão por água abaixo. Jamais tente forçar uma intimidade com o recrutador, mas também não seja tímido demais, seja moderado! Se não vai colocar a sua entrevista água a baixo.

Escreva o nome da pessoa que está conduzindo a entrevista. Trate-a como igual. Observe o desenrolar da conversa. Se o entrevistador estiver mais relaxado, fique à vontade também. Se for mais formal, fique na moda. É importante ter essa versatilidade.

  1. Traz ou não currículo na hora da entrevista de emprego

Por mais que você tenha sido convocado para a entrevista por causa do seu currículo, na dúvida é sempre bom levar algumas cópias extras para deixar com o entrevistador.

Às vezes o documento só foi visualizado no computador, às vezes é necessário recorrer a informações específicas do seu histórico, etc. Sempre carregue duas ou três cópias do programa. Se você acha que é necessário, entregue ao entrevistador.

Outras dicas valiosas na hora de conseguir uma entrevista de emprego

Não hesite: pergunte tudo!

Suprima um pouco a ansiedade se o entrevistador não abordar questões como salário, benefícios, etc. Só traga o assunto à tona se houver oportunidade de falar sobre ele. Essa discussão geralmente não ocorre no primeiro contato. É preciso ter muito cuidado para não dar a impressão de que está procurando aquele cargo só por causa do salário.

Nunca se atrase para uma entrevista. Fica muito ruim.

Não fale mal de alguém ou de outra empresa ao entrevistador, por mais tentado que você esteja, a entrevista não é a hora de fazê-lo.

leave your comment


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enviando